MENTE

Confira alguns dados sobre a inteligência, pensamento, criatividade, percepção e compreensão

Inteligência

Estudantes da Maharishi – Universidade Internacional em Fairfield, Iowa que praticaram regularmente a Meditação Transcendental aumentaram significativamente a inteligência acima de um período de 2 anos, comparado à outra universidade de Iowa. Este achado confirma os resultados de dois outros estudos que mostram QI aumentado em estudantes Universitários Internacionais. 

Referências:
  • Meditação Transcendental e desempenho melhorado em medidas de inteligência-relacionadas: Um estudo longitudinal, Personalidade e Diferenças Individuais 12: 1105-1116, 1991.
  • Efeitos longitudinais da Meditação Transcendental e TM-Sidhi programa de habilidade cognitiva e estilo cognitivo, perceptiva e habilidades motoras 62: 731738, 1986.

Pensamento

A coerência de EEG aumenta entre e dentro dos hemisférios cerebrais durante a Meditação Transcendental. A coerência de EEG é um índice quantitativo do grau de ordenação espacial de longo alcance das ondas de cérebro. O quadro esquerdo mostra que para um meditante de 2 semanas, a coerência de EEG aumentou durante o período de meditação. O quadro à direita, de um meditante de 2 anos, demonstra altos níveis de coerência até mesmo antes de a meditação começar e expansão da coerência em altas e baixas freqüências de aproximadamente 50 % durante o período de meditação, e continuando com o nível de coerência alta até mesmo no período de olhos abertos após a meditação.ais. 

Referências:
  • A Coerência da Ordem Espectral (COSPAR) e sua aplicação no estudo de ordenação espacial no EEG, Procedimentos da San Diego Simpósio Biomédico 15: 1976.
  • Características de Eletrofisiologia de períodos de suspensão respiratórios que ocorrem durante a prática do programa de Meditação Transcendental, Medicina Psicossomática 46: 267-276, 1984.

Criatividade

Este estudo usou os Testes de Torrance de Pensar Criativo para medir criatividade verbal e figurativa em um grupo de controle e em um grupo que subseqüentemente aprendeu a técnica de Meditação Transcendental. No pós-teste, 5 meses depois, o grupo de Meditação Transcendental marcou significativamente mais alto em originalidade figurativa, flexibilidade e fluência verbal. 

Referências:
  • A técnica de TM e criatividade: Um estudo longitudinal de Cornell estudantes universitários, Diário de Comportamento 13 Criativo,: 169-190, 1979.
  • Uma investigação psicológica na fonte do efeito da técnica de Meditação Transcendental, (Ph.D. dissertação, Universidade de York) Abstrato de Dissertações Internacional 38, 7-B,: 33723373, 1978.

Percepção

Estudantes cursando a faculdade instruídos na técnica da Meditação Transcendental demonstraram melhora significativa na performance, em um período de 2 semanas, na memória de curto prazo e de percepção, envolvendo a identificação em um teste de seqüências de letras familiares apresentadas rapidamente. Eles foram comparados com sujeitos escolhidos aleatoriamente, em uma rotina que envolvia descanso duas vezes ao dia, de olhos fechados e também com sujeitos que não modificaram suas rotinas diárias. Meditação e flexibilidade da percepção visual e resolução de problemas verbais, memória e cognição.

Compreensão

 

A Independência de campo foi associada com uma maior habilidade em assimilar e estruturar a experiência, uma maior organização de mente e claridade cognitiva, memória ampliada, maior expressão criativa e uma estruturação interna estável de referência. Os resultados demonstram que a prática da técnica de Meditação Transcendental desenvolve maior independência de campo. Esta melhoria nos praticantes da técnica da Meditação Transcendental é extraordinária pois se pensava anteriormente que estas habilidades de percepção básicas não seriam melhoradas após o inicio dafase adulta. 

Referências:
  • A influência da Meditação Transcendental sobre a percepção autocinética, níveis de percepção motora 39: 1031-1034, 1974.
  • Efeitos Longitudinais da Meditação Transcendental e do programa de MT-Sidhi na habilidade cognitiva e estilo cognitivo, níveis motores e de percepção 62: 731738, 1986.
Share This